16.3.14

[sunedai] Ser (mais) feliz

  
Photo taken by Yunhyok Choi (here)
***
Ser-se feliz. Essa coisa tão estranhamente difícil de definir. O que é, na verdade, a felicidade? Essa coisa não palpável, mas que conseguimos à mesma sentir. Quais os requisitos para se ser feliz?
Uns dirão que é ter muito dinheiro (que quase tudo consegue comprar), outros que é uma chávena de café bem quente logo pela manhã, que é um pôr-do-sol, o sorriso de uma criança, uma primeira dança, um abraço apertado depois de muito tempo longe de alguém que amamos...
Para mim, a felicidade define-se por ela própria, a cada dia, nas formas mais simples... às vezes nas mais estranhas. A felicidade ganha-se (dos outros), dá-se (aos outros) e constrói-se. Constrói-se a partir de pequenas (grandes) peças dispersas nos nossos dias. 
Não há receita mágica para se ser feliz. Certo. Mas existem certos atalhos, pequenas coisas que - geralmente - nos deixam com um grande sorriso no rosto e, por isso, quero partilhar aqui neste cantinho alguns detalhes que, a mim, me deixam muito feliz.

1. Fazer algo por/para outra pessoa
Num episódio de Friends, o Joey e a Phoebe discutiam que não existiam actos totalmente altruístas. Sermos 100% altruístas significaria fazermos algo em prole dos outros, sem que isso nos fizesse sentir bem. No episódio em questão, a Phoebe deixou-se picar por uma abelha (não sabendo ela que a abelha iria morrer depois...). Eu acho que não precisamos de chegar a esse ponto, e que o facto de que ajudar os outros nos faz feliz, só pode ser uma coisa muito positiva.
Coisas tão simples quanto fazer um bolo para um amigo de longa data ou enviar uma carta àquele familiar que vive longe, podem revelar-se fontes de bem estar.

2. Recordar bons momentos passados
Um álbum de fotografias ou um diário podem transportar-nos para momentos que nos foram queridos ou para uma altura especial das nossas vidas. Apesar do tempo não voltar atrás, é sempre possível, relembrar pequenos detalhes do nosso percurso que julgávamos esquecidos. Vão-se impressionar com a quantidade de gargalhadas que podem soltar ao ler passagens de diários da vossa infância. Apesar da vida nem sempre ser fácil, todos temos momentos que valem a pena reviver, certo?

3. Embarcar num novo projecto pessoal
Não é preciso ir muito longe. Não estou a dizer para irem amanhã abrir um negócio. Mas todos temos aquela lista de coisas que gostávamos mesmo muito de fazer, mas nunca fizemos (medo, preguiça, falta de tempo... you name it). 
Aprender uma língua nova, começar um blog, remodelar a casa, escrever um livro... aquilo que vocês quiserem.
A mim, pessoalmente, dá-me uma enorme sensação de realização interior ter hobbies diversos, ter projectos, ter algo que cuidar, regar todos os dias, amar e ver dar frutos.

4. Apostar em nós mesmos. 
Se nós não acreditarmos em nós próprios, quem acreditará?
Muitas pessoas - cheias de valor -, infelizmente, tiram crédito a elas próprias, muitas vezes por mérito daqueles que as rodeiam. Eu digo sempre que não nos devemos comparar aos outros. Não é pelo facto de fulano e sicrano falharem em X que eu irei falhar também (claro que o inverso também é verdade). 
Contudo, esta vida é a única que teremos e o tempo passa sem esperar por nós. Quanto mais tempo iremos desperdiçar sem seguir os nossos sonhos? Sem apostar em nós mesmos? Todos nós temos pontos fortes, há que saber explorá-los e acreditar, com todas as forças, que, quando for a altura, eles irão falar por si.

5. Amar
“It is a risk to love.
What if it doesn't work out?
Ah, but what if it does.”
Peter McWilliams

E não é preciso acrescentar mais nada. Tenham uma semana cheia de amor.


***
To be happy. That thing so weirdly hard to define. What's happiness? We cannot touch it, but we sure can feel it. What are the criteria to be happy?
Some will say it's having lots of money, others that it's a hot cup of coffee in the morning, a sunset, the smile of a child, a first dance, to hug someone we love after a long time apart...
For me, happiness defines itself everyday, in the simplest forms. We receive happiness (from others), we give happiness (to others) and we build it. We build it from the little odd pieces from our every day life.
There's no magic recipe for happiness. However, there are some things that can put a smile in our face.

1. To do something for other people

2. To remember the old good times

3. Start new projects

4. Believe and invest in yourself

5. To love
“It is a risk to love.
What if it doesn't work out?
Ah, but what if it does.”
Peter McWilliams

And there's nothing else to add. Have a lovely week. 

2 comentários:

  1. Adoro o que escreves. Devemos ser felizes nas pequenas coisas! :)

    Beijinho *

    http://agatadesaltosaltos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelo carinho :) concordo plenamente! *

      Eliminar

Deixa aqui a tua opinião, será lida com a maior das atenções.